Despesa com o funcionalismo público está estável desde 2004

despesa-com-o-funcionalismo-publico-esta-estavel-desde-2004

Despesa com o funcionalismo público está estável desde 2004

🤥 Por mais que os defensores da Reforma Administrativa (PEC 32/2020) mintam que há um “inchaço” de servidores públicos no Brasil (o que justificaria demissões e perda de direitos), os dados comprovam que a realidade é justamente oposta.

❗ Os gastos proporcionais com servidores públicos têm se mantido estáveis e controlados nos últimos anos, tanto no nível federal quanto nos estados.

➡ Em comparação ao Produto Interno Bruto (PIB) do país, a despesa real com servidores federais ativos variou apenas de 2,6% para 2,7%. Entre 2004 e 2017.

Já em nível estadual, a porcentagem do PIB utilizada na despesa com servidores públicos também apresenta variação pequena e, portanto, se manteve estável, tendo passado de 3,94%, em 2004, para 4,24%, em 2017. Importante lembrar que durante esse período, houve uma ampliação do funcionalismo estadual, principalmente nas áreas essenciais, como saúde, educação e segurança. ✅

🧐 Cuidado com as fake news criadas para enganar a população e destruir o Estado e as políticas públicas!

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ServiçoPúblicoéExcelência