O governo distorce as contas para jogar a população contra os servidores

um-sujeito-do-governo-de-costas-se-possível-com-chapéu-com-orelha-de-burro-fazendo-uma-conta-no-quadro-negro-2-2-5-site

O governo distorce as contas para jogar a população contra os servidores

🔎 Existem duas coisas que se cruzam frequentemente no governo de Jair Bolsonaro: a mentira e a incompetência.

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou uma série de distorções nas estimativas de gastos do Governo Federal com a Previdência em 2020.

Foi contatado que o governo⤵

➡ Inflou em R$ 49,2 bilhões os gastos com a previdência dos servidores (RPPS)

➡ Escondeu um rombo de R$ 52,7 bilhões dos gastos previdenciários dos militares das Forças Armadas (SPSMFA), e mais R$ 7,2 bilhões das pensões desses militares

Fez tudo isso para enganar a população e fazer com que as pessoas acreditem que há um rombo na Previdência dos servidores públicos (sempre no intuito de jogar a opinião pública contra o funcionalismo), enquanto esconde que o verdadeiro rombo está nos gastos com militares.

😠 Agindo de maneira obscura com os recursos públicos, o governo Bolsonaro tenta conseguir apoio para aprovar sua Reforma Administrativa (PEC 32/2020) e, ao mesmo tempo, agradar a sua base radical dentro das Forças Armadas.

Ou fez isso de má fé ou por incompetência no trato das contas. Ou as duas coisas ao mesmo tempo.

Barrar a PEC 32/2020 é fundamental para evitarmos mais prejuízos com o dinheiro do povo.

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão