Privatizações não servirão para reduzir a dívida pública

epublico-privatizacoes-nao-servirao-para-reduzir

Privatizações não servirão para reduzir a dívida pública

? No governo FHC, quase todas as estatais estratégicas do Brasil foram vendidas com a desculpa de que isso era necessário para “reduzir a dívida pública”.

Mas, isso nunca aconteceu

1⃣ As estatais foram vendidas a preço de banana (muito abaixo do que realmente valiam)

2⃣ As privatizações não reduziram a dívida. Pelo contrário: de lá para cá, ela ficou 52 vezes maior (de R$ 86 bilhões para R$ 6 trilhões)

3⃣ A iniciativa privada se apossou do setor público e ficou ainda mais rica, obtendo máximo lucro às custas das carências e da vida da população

4⃣ Já o povo recebeu serviços de péssima qualidade, aumento de tarifas e muitos outros prejuízos

☹️ O apagão no Amapá em novembro de 2020 reforçou o quanto a privatização é prejudicial à sociedade

⚠ E o pior é que o governo gasta anualmente quase metade do orçamento pagando juros e amortização da dívida e mesmo assim ela não para de crescer.

⚠Com a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) esses problemas serão rotina, já que o objetivo é entregar cada vez mais os serviços públicos para a iniciativa privada.

? É hora de acordar: privatização tira o que é do povo para dar aos ricos. Em quase 30 anos, isso só piorou. E agora não seria diferente.

?? Reforma Administrativa, nem pensar!

✊ Valorize o serviço público. É para todos.

 

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão

 

Veja outros materiais da campanha
Conheça nossa página no Facebook
Siga-nos no Instagram