Reforma Administrativa abre espaço para terceirização e corrupção na gestão pública

É PÚBLICO – Reforma Administrativa abre espaço para terceirização e corrupção SITE

Reforma Administrativa abre espaço para terceirização e corrupção na gestão pública

⚠Entre suas diversas medidas altamente prejudiciais ao futuro do Brasil, a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), proposta pelo governo de Jair Bolsonaro, quer permitir que governantes tenham mais oportunidades para práticas de corrupção em órgãos públicos.

💲 Ampliam-se assim as possibilidades que entidades da administração direta e indireta contratem pessoal terceirizado, sem necessidade de concursos públicos.

😒Isso facilita para que contratos baseados na troca de favores e nas relações políticas sejam estabelecidos, e também reduz a transparência, abrindo espaço para mais corrupção, deixando que o gestor atue praticamente como “o dono” das estruturas do Estado que foram criadas com dinheiro dos contribuintes brasileiros.

O serviço público precisa de transparência, fiscalização e respeito aos recursos da população, e a Reforma Administrativa de Bolsonaro caminha no sentido contrário.

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ServiçoPúblicoéExcelência