Reforma administrativa: sai o concurso público, entra o cabide de empregos

Reforma-administrativa-sai-o-concurso-público-entra-o-cabide-de-empregos-site

Reforma administrativa: sai o concurso público, entra o cabide de empregos

O Governo Federal quer jogar com o futuro do Brasil e dos brasileiros, por meio da Reforma Administrativa (PEC 32/2020).

👿 Nesse jogo, as regras serão o apadrinhamento político, o favorecimento, o loteamento partidário, o nepotismo, a ingerência política, o clientelismo, o “toma-lá-dá-cá”, o empreguismo, e toda prática corrupta que prejudica o nosso país, mas beneficia o governo e seus aliados.

😧 Para isso acontecer, os servidores concursados (que possuem alta capacitação técnica, qualificação e compromisso com o país) serão substituídos por apadrinhados políticos (sem capacitação para o cargo, sem precisar passar por concursos e compromissados apenas com quem os indicou).

😱 Da mesma forma, os concursos públicos (que são o meio mais impessoal, moderno e democrático de ingressar no serviço público, independentemente de escolhas pessoais, políticas ou ideológicas) sairão de campo, e o serviço público será transformado num imenso “cabide de empregos” – como era antes da Constituição de 1988.

🛑 A PEC 32/2020 precisa ser barrada, pois é um jogo de poder que só interessa a políticos e governantes oportunistas e corruptos, e a setores econômicos que desejam fazer do Estado uma fonte para manter seus privilégios.

Não caia nessa, e valorize o serviço público. Ele sim é para todos!

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão