A Reforma Administrativa não pretende “acabar com privilégios”

e-publico-reforma-administrativa-acabar-com-privilegios

A Reforma Administrativa não pretende “acabar com privilégios”

📣 Se você ouviu que a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) é necessária para acabar com “privilégios”, saiba que isso é MENTIRA!

Aliás, está bem longe disso. 🤦‍♂️

📌 No funcionalismo público, cerca de 50% dos servidores recebem menos de 3 salários mínimos (abaixo da renda média dos brasileiros).

📌 Além disso, 60% dos trabalhadores públicos estão nas áreas que mais atendem a população: Educação, Saúde e Segurança.

🤨 Sabe quem o governo deixou de fora da Reforma? Políticos, militares e magistrados (juízes, desembargadores e ministros), que não serão afetados porque:

– Dificilmente políticos aprovam projetos que prejudicam a eles mesmos

– Magistrados julgam atos e crimes de políticos

– Militares dão sustentação ao governo e mantêm o clima de repressão contra a população

🤔 Se a PEC propõe “reparar injustiças”, por que vai retirar os direitos dos servidores que mais sofrem para garantir o atendimento da população?

✊ Valorize o serviço público. É para todos.

 

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão

 

Veja outros materiais da campanha
Conheça nossa página no Facebook
Siga-nos no Instagram