Quem pode acumular cargos públicos e o que diz a lei sobre isso

Quem pode acumular cargo público

Atualmente, com as novas regras impostas pela Constituição Federal de 1988, tornou-se mais difícil acumular cargos públicos.

A lei determina que apenas determinadas pessoas podem exercer dois ou mais cargos públicos, desde que atendam a alguns requisitos. As regras para acumulação de cargos públicos estão definidas no art. 37 da Constituição Federal, que prevê diversas hipóteses de acúmulo.

O que diz a lei

A Constituição Federal proíbe a acumulação de cargos públicos, salvo nos casos previstos em lei. Assim, os únicos casos em que o acúmulo é permitido são aqueles expressamente previstos na Constituição, ou em leis complementares ou ordinárias.

O acúmulo de cargos públicos é uma prática que pode levar a vários problemas, como a sobrecarga de trabalho e a falta de tempo para que o funcionário se dedique a cada uma das funções que exerce.

Além disso, o acúmulo pode permitir que funcionários se aproveitem da dupla função para favorecer interesses pessoais, como empresas e grupos de pressão.

Quem pode acumular?

As regras para acumulação de cargos públicos estão definidas no art. 37 da Constituição Federal, que prevê diversas hipóteses de acúmulo. As principais são:

* **Professores:** podem acumular dois cargos de professor, desde que sejam em instituições de ensino públicas diferentes.
* **Médicos:** podem acumular dois cargos de médico, desde que sejam em hospitais públicos diferentes ou em instituições de ensino públicas.
* **Servidores:** servidores públicos podem acumular dois cargos, desde que com funções e horários incompatíveis, ou se acumularem cargo público com funções eletivas, desde que a soma das remunerações perfaça o valor do maior subsídio.
* **Empregados:** empregados públicos podem acumular dois cargos, desde que o acúmulo não resulte em excesso de jornada.
* **Membros de órgãos colegiados:** membros de órgãos colegiados podem acumular dois cargos, desde que não sejam remunerados.

O que é acúmulo de cargos públicos?

Acúmulo de cargos públicos é a situação em que uma pessoa exerce dois ou mais cargos públicos remunerados, simultaneamente. O acúmulo pode ser legal ou ilegal, dependendo das regras que disciplinam a matéria.

Acumulação ilegal é a que ocorre quando um impedimento legal impede que uma pessoa exerça o segundo cargo público. Pode ser um impedimento constitucional, legal ou regulatório.

Existem cargos públicos que não podem acumular funções?

Sim, existem alguns cargos públicos que não podem acumular funções. São eles:

* **Presidente da República:** não pode ser acumulado com qualquer outro cargo público, eletivo ou não.

* **Governadores:** não podem ser acumulados com qualquer outro cargo público, eletivo ou não.

* **Prefeitos:** não podem ser acumulados com qualquer outro cargo público, eletivo ou não.

* **Deputados e senadores:** não podem ser acumulados com qualquer outro cargo público, eletivo ou não.

* **Vereadores:** não podem ser acumulados com qualquer outro cargo público, eletivo ou não.

Quais as vantagens e desvantagens do acúmulo de cargos públicos?

O acúmulo de cargos públicos possui vantagens e desvantagens. Algumas das vantagens incluem:

* **Maior experiência:** o funcionário que acumula cargos públicos pode ter mais experiência e conhecimento em diferentes áreas de atuação.
* **Maior salário:** o funcionário que acumula cargos públicos pode receber um salário maior, pois recebe a remuneração de cada um dos cargos que exerce.
* **Possibilidade de promoção:** o funcionário que acumula cargos públicos pode ter mais oportunidades de promoção, pois pode contar com a experiência adquirida em cada um dos cargos que exerce.

Algumas das desvantagens do acúmulo de cargos públicos incluem:

* **Sobrecarga de trabalho:** o funcionário que acumula cargos públicos pode ficar sobrecarregado de trabalho, o que pode levar ao estresse e ao burnout.
* **Falta de tempo:** o funcionário que acumula cargos públicos pode não ter tempo para se dedicar a cada uma das funções que exerce, o que pode prejudicar a qualidade do seu trabalho.
* **Nepotismo:** o acúmulo de cargos públicos pode levar ao nepotismo, que é a prática de favorecer parentes e amigos na contratação para cargos públicos.

O que fazer se houver acúmulo ilegal de cargos públicos?

Se houver acúmulo ilegal de cargos públicos, o cidadão pode denunciar o caso ao Ministério Público ou à Controladoria-Geral da União (CGU). O órgão competente investigará o caso e, se for comprovado o acúmulo ilegal, poderá adotar as medidas cabíveis, como a exoneração do funcionário do cargo público que exerce ilegalmente.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *